jusbrasil.com.br
27 de Junho de 2017
    Adicione tópicos

    Dos Gabinetes - Sopelsa faz balanço positivo da viagem com cooperativistas a Europa

    A ampliação de mercado para carnes e grãos, bem como para produtos industrializados é a expectativa resultante dos contatos mantidos por cooperativistas catarinenses na França, Polônia e Hungria em roteiro encerrado esta semana, com a participação do deputado Moacir Sopelsa (PMDB), presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop/SC). A viagem foi encerrada com a participação na Sial 2012, considerada a principal feira mundial do segmento alimentício, com mais de 6 mil expositores.

    “Há boa tendência para novos negócios com abertura de mercados para produtos frigoríficos catarinenses, carne in natura e mesmo a exportação de soja”, observa Sopelsa. “Na feira da França, pudemos presenciar diversos contatos importantes para o grupo da Cooperativa Aurora e perceber a diversificação de mercados para carnes, lácteos, bebidas, condimentos, enlatados, queijos, produtos naturais, óleos em seus diversos pavilhões”, disse o deputado a referir-se a Sial, que recebeu quase cem mil visitantes por dia.

    A Aurora, que exporta 15% da sua produção, tem planos de crescer no mercado europeu, mas terá que diversificar o mix com produtos que são do interesse dos importadores. Para 2013, o grupo cooperativista pretende de 12 mil para 15 mil toneladas as exportações de produtos com carnes de suínos e frangos. “A proposta também é agregar valor de mercado com a industrialização”, diz Sopelsa, com informações do presidente do grupo, Mário Lanznaster.

    Durante a viagem, o grupo também visitou a câmara de comércio de grãos e rações de Varsóvia, na Polônia, unidades produtoras de rações e de processamento de grãos, além de fazendas produtoras de leite na Hungria. “A participação de parlamentares nessas comitivas é importante para que possamos ter noção exata da forma como se estabelece o comércio exterior, aberturas de mercado e o intercâmbio técnico, para que, como agentes públicos, possamos facilitar trâmites comerciais e estimular a abertura de negócios para produtos de Santa Catarina”, argumenta o presidente da Frencoop/SC.

    Assessoria da Bancada do PMDB

    Evory Pedro Schmitt 948)

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)